O cabelo novo da Jade Seba

Posted in Cabelos Curtos, Dicas para curtinhas
on November 10, 2017

Jade Seba (@jadeseba) cortou o cabelo mais curto e desabafou na internet sobre não estar acostumada com o novo corte. Conversei com vocês sobre isso no vídeo:

Falei a reação das pessoas sobre cabelos curtos, como existe um curto que ainda é zona de conforto porque não subiu os dedinhos acima dos ombros. O curto aceitável nos ombros versus o curto que é curto, entendeu?

As pessoas não entendem que a força da gente não fica em um comprimento, mas na segurança, na certeza de que é o que quer ser. Minha mãe não deixa, meu pai não deixa, meu boy não deixa. Deixa o quê? Ninguém tem que deixar nada, a vida é de quem? As pessoas vão, mas você fica. Tem que aprender a ficar com você do jeito que você quer ser, porque aí você nunca vai ficar sozinha e vai sempre poder se reinventar.

 

Minha amiga voltou pro ex

Posted in Relacionamentos
on November 10, 2017

O mundo todo está comentando sobre a possível volta da Selena com o Justin Bieber. Pra quem não sabe, eles namoraram durante muito tempo e é mais casal ioiô que Neymar e Bruna Marquezine. E como eu adoro esse assunto decidi trazer aqui pro blog.

A gente pode dar pitaco na vida da nossa amiga? O que fazer se ela voltar com o ex mala? Vale a pena se envolver?

Eu já fui a amiga que voltou com o ex e eu também já fui a amiga que se meteu na história da amiga, entendeu?

É muito comum acharmos que podemos ter controle da vida de uma outra pessoa, principalmente de amigas. Sentimos essa necessidade de dar opinião, de falar “se fosse eu…” e de querer fazê-la ter as mesmas atitudes. Mas isso não é o certo, porque cada um tem escolhas e tem que lidar com as consequências.

Aquela história que “a pessoa sabe o que ela faz” às vezes não pode ser aplicada em certos casos, como em relacionamentos que consomem e são tóxicos, mas é preciso deixar que a sua amiga viva aquele momento, mesmo que te irrite. Não somos amiga de uma pessoa porque ela faz o que a gente quer, mas porque respeitamos a individualidade dela, gostamos de quem ela é.

Mesmo em casos extremos, mesmo que você entre no meio, no final a decisão sempre vai ser da sua amiga, não sua. E se ela escolheu voltar pro mala, então deixa ela viver aquilo, respeitando o espaço dela, mas esteja por perto. É importante que ela saiba que, se precisar, você vai estar ali pra ajudá-la.

Uma das coisas que eu aprendi levando tombos é que, quando você critica ou julga, a vida te manda aquela situação pra você aprender a não julgar. Ou seja, te coloca nos mesmos sapatos uma hora ou outra, mesmo que de uma maneira diferente. E essa é uma grande verdade, porque eu já vivi coisas que eu já julguei.

Outra lição que tive foi que cada um tem o seu caminho e, se a pessoa está vivendo aquilo, é porque ela precisa passar pela situação e aprender algo. Então, se sua amiga voltou com o ex mala, ela ainda tem algo pra viver e aprender nesse relacionamento.

Quando eu voltei com o meu ex, que era uma pessoa desagradável pra mim, eu não sabia o que estava fazendo. Eu estava vivendo uma briga dentro de mim, mas voltar com ele me ajudou a ser essa mulher maravilhousa que está aqui falando com vocês. Me fez amadurecer e ser mais forte.

Mas eu perdi uma amiga que eu amava muito, porque ela me julgou e brigou comigo porque eu voltei pra ele. E aí? Vale a pena perder a amizade porque eu tomei uma decisão diferente do que os outros esperavam? Eu aprendi no final, e é sempre isso que acontece: a amiga sempre aprende, uma hora ou outra.

Eu não me meto mais. A pessoa toma a decisão e eu deixo claro que estou aqui, caso precisar. Porém, eu já me envolvi e perdi a amiga. Porque entre você e o amor da vida dela, – daquele momento, né? – ela vai querer tentar com o cara. Por mais que você esteja certa, corre o risco de acharem que você não está apoiando. A maioria dos casos é assim. É errado? Não sei, porque quem sou eu pra achar alguma coisa? Eu não sei quais são os planos que a vida tem pra pessoa.

Então, o que eu faço se minha amiga voltar com o cruz credo? Nada!

Fica na sua. Se quiser, deixa claro que você não concorda, mas que está ali pro que ela precisar. Porque é isso que amigas fazem. Se o boy for em algum lugar, você engole seco e fica na sua. Ou nem vai.

Mas não cobre da sua amiga uma atitude que você teria.

Falando sobre o cabelo da Eleven de Stranger Things

Posted in Cabelos Curtos
on November 9, 2017

Semana passada estreou a segunda temporada de Stranger Things e a gente não poderia deixar de falar sobre uma das personagens principais, a Eleven.

A personagem é feita pela atriz Millie Bobbie Brown, que demorou algum tempo pra aceitar a ideia que teria que cortar o cabelo pra fazer a série.

Em Stranger Things ela vive uma garota que é um experimento científico e, por isso, tem a cabeça raspada. Mas na segunda temporada ela já aparece com o cabelo maior.

Ela ficou muito receosa em cortá-lo porque tinha cabelos compridos – que nem a maioria das meninas – e seus pais também não apoiavam. Se já é difícil para mulheres adultas aceitarem que não é só o cabelo longo que é bonito, imagina pra uma menina de 13 anos.

Ela disse que só aceitou ficar careca depois que viu uma foto de Charlize Theron no filme “Mad Max: Estrada da Fúria”. Sua colega de elenco na série, Winona Ryder, também deu uma força para a mudança, mostrando uma foto de quando estava no Ensino Médio e também usava os cabelo bem curtinhos.

Dois exemplos de mulheres que são fortes e bem sucedidas, por isso é importante apoiar outras meninas a abrirem a cabeça pra coisas diferentes.

Depois da série ela falou que pretende deixar o cabelo do jeito que está. “Espero inspirar as pessoas. É muito legal ter cabelo curto”.

É muito bacana ver uma garota tão nova ser empoderada e inspirar outras garotas a serem diferentes. E ela só aceitou o cabelinho curto porque tiveram outras mulheres a apoiando e mostrando que ela poderia ser foda com o visual novo.