Browsing Tag:

Cortes de cabelo

Cortei o cabelo, de novo!

Posted in Cabelos Curtos, Cortes
on September 8, 2017

Todo mundo tem um jeito de fazer mudanças em suas vidas.
Tem gente que gosta de comprar roupas novas, gente que viaja, gente que troca de namorado(a) ou fica solteira, gente que deleta as redes sociais, gente que medita…

Eu corto o cabelo.

Também faço algumas dessas coisas, mas eu corto o cabelo.
Toda vez que eu sinto que é hora de uma mudança.

Eu completei 25 anos essa semana. Daqui cinco, eu faço 30.
Eu sou uma mulher e daqui um mês eu vou começar a minha jornada de viver sozinha. De me jogar no mundo. Eu já me joguei uma vez e eu amava quem eu era naquela época. Eu era jovem, mas jovem mesmo, sabe? De espírito. Eu era inocente, doce, meiga, destemida e ousada. Na realidade quem me jogou no mundo foram os meus pais.

Mas eu fui engolida por diversas situações durante os últimos anos. Toda a pressão de ser alguém, de ter sucesso, de formar na faculdade, de tirar carteira, de morar sozinha, de fazer alguma coisa… Me engoliu.

Ser adulta é algo que me assusta. Me dá medo.
É como se a vida inteira eu tivesse ignorado essa parte, como se ela nunca fosse chegar. A verdade é que eu poderia continuar levando a mesma vida por mais algum tempo, até a hora que alguém falasse “ow, você precisa fazer alguma coisa!!”.

Mas o que isso tem a ver com cabelo? Com o novo corte?

Eu estava confortável. Completamente confortável.
Eu estava bonita, todo mundo gostava do meu cabelo e eu já sabia exatamente como usar, o que fazer, o que ficava bom ou não.

Essa não sou eu. Eu quero desafios, eu preciso inspirar outras pessoas que me acompanham. Eu quero ser criativa.
Eu precisava de um cabelo que combinasse com a nova fase da minha vida, com essa mudança, com esse novo caminho que eu decidi tomar.
O meu cabelo é um dos pontos mais fortes da minha personalidade. Ele não me define, mas ele me acompanha. E se na fase confortável, bonitinha e arrumadinha eu tinha um cabelo a altura, na fase corajosa, no início da minha independência, eu preciso de algo que fale isso.

Uma coisa meio editora, empresária, moderna, ousada, poderosa. Uma mistura do que eu sou e do que eu quero ser.

Cara, eu fiquei com medo. Mas eu fiquei com medo MESMO. Eu pensei muito em vocês, no que vocês iam achar, nos comentários e na minha reação. Sabe por quê? Porque eu estava confortável demais. Porque eu sabia que aquele visual era aceitável, que era algo que está na moda, que a maioria das pessoas estão fazendo. E tudo bem, eu AMEI. Foi muito difícil desapegar.

Mas quando você corta e vê que deu tudo certo no final, que ali tem uma imagem nova de você, uma imagem diferente, e que isso significa que agora você pode viver essa fase nova, tudo muda. Você fica leve.

É estranho, mas eu faço essa associação. E várias mulheres usam o cabelo como um esconderijo do conforto.

Meu marido gosta assim, meu namorado gosta assim, meus pais gostam assim, todo mundo gosta assim. E se todo mundo gosta assim, então quer dizer que eu sou bonita. E que eu posso me aceitar, eu tenho essa permissão.

Mas quando você decide sair dessa bolha, você perde a permissão. E aí? Eu vou continuar bonita? Meu marido ou meu namorado ou meus pais ainda irão me amar? Eu ainda vou me amar?

Você não acha que às vezes você precisa disso? Dessa dose de coragem, de confiança no que você quer fazer? Você não acha que você pode ser muito mais do que aceitam que você seja?

E foi por isso que eu cortei o meu cabelo. Eu precisava dessa dose.

É como se eu tivesse atendido à porta e falado “pode vim, tô pronta”.