Browsing Tag:

Relacionamentos

Minha amiga voltou pro ex

Posted in Relacionamentos
on November 10, 2017

O mundo todo está comentando sobre a possível volta da Selena com o Justin Bieber. Pra quem não sabe, eles namoraram durante muito tempo e é mais casal ioiô que Neymar e Bruna Marquezine. E como eu adoro esse assunto decidi trazer aqui pro blog.

A gente pode dar pitaco na vida da nossa amiga? O que fazer se ela voltar com o ex mala? Vale a pena se envolver?

Eu já fui a amiga que voltou com o ex e eu também já fui a amiga que se meteu na história da amiga, entendeu?

É muito comum acharmos que podemos ter controle da vida de uma outra pessoa, principalmente de amigas. Sentimos essa necessidade de dar opinião, de falar “se fosse eu…” e de querer fazê-la ter as mesmas atitudes. Mas isso não é o certo, porque cada um tem escolhas e tem que lidar com as consequências.

Aquela história que “a pessoa sabe o que ela faz” às vezes não pode ser aplicada em certos casos, como em relacionamentos que consomem e são tóxicos, mas é preciso deixar que a sua amiga viva aquele momento, mesmo que te irrite. Não somos amiga de uma pessoa porque ela faz o que a gente quer, mas porque respeitamos a individualidade dela, gostamos de quem ela é.

Mesmo em casos extremos, mesmo que você entre no meio, no final a decisão sempre vai ser da sua amiga, não sua. E se ela escolheu voltar pro mala, então deixa ela viver aquilo, respeitando o espaço dela, mas esteja por perto. É importante que ela saiba que, se precisar, você vai estar ali pra ajudá-la.

Uma das coisas que eu aprendi levando tombos é que, quando você critica ou julga, a vida te manda aquela situação pra você aprender a não julgar. Ou seja, te coloca nos mesmos sapatos uma hora ou outra, mesmo que de uma maneira diferente. E essa é uma grande verdade, porque eu já vivi coisas que eu já julguei.

Outra lição que tive foi que cada um tem o seu caminho e, se a pessoa está vivendo aquilo, é porque ela precisa passar pela situação e aprender algo. Então, se sua amiga voltou com o ex mala, ela ainda tem algo pra viver e aprender nesse relacionamento.

Quando eu voltei com o meu ex, que era uma pessoa desagradável pra mim, eu não sabia o que estava fazendo. Eu estava vivendo uma briga dentro de mim, mas voltar com ele me ajudou a ser essa mulher maravilhousa que está aqui falando com vocês. Me fez amadurecer e ser mais forte.

Mas eu perdi uma amiga que eu amava muito, porque ela me julgou e brigou comigo porque eu voltei pra ele. E aí? Vale a pena perder a amizade porque eu tomei uma decisão diferente do que os outros esperavam? Eu aprendi no final, e é sempre isso que acontece: a amiga sempre aprende, uma hora ou outra.

Eu não me meto mais. A pessoa toma a decisão e eu deixo claro que estou aqui, caso precisar. Porém, eu já me envolvi e perdi a amiga. Porque entre você e o amor da vida dela, – daquele momento, né? – ela vai querer tentar com o cara. Por mais que você esteja certa, corre o risco de acharem que você não está apoiando. A maioria dos casos é assim. É errado? Não sei, porque quem sou eu pra achar alguma coisa? Eu não sei quais são os planos que a vida tem pra pessoa.

Então, o que eu faço se minha amiga voltar com o cruz credo? Nada!

Fica na sua. Se quiser, deixa claro que você não concorda, mas que está ali pro que ela precisar. Porque é isso que amigas fazem. Se o boy for em algum lugar, você engole seco e fica na sua. Ou nem vai.

Mas não cobre da sua amiga uma atitude que você teria.

Sinais de que ele não está a fim de você

Posted in Relacionamentos
on October 6, 2017

Aqui estão alguns sinais que indicam que a pessoa não está tão interessada em você:

  • Se o boy não liga pra você, não te manda msg, não te responde ou demora a responder.
  • Não tem interesse pela sua vida –  você pergunta muito da vida dele e ele não pergunta nada da sua, ou pergunta por educação.
  • Não te chama pra sair, mas você convida e ele sempre tem alguma coisinha. Ou te chama pra sair em cima da hora.
  • Não se preocupa em te satisfazer em certas horas, vive te dando gelo e nunca rende o assunto

Pode saber: é cilada.

Ele está te enrolando, tá querendo te manter de stand-by, quer te dar uns beijos só quando estiver a fim.

O amor não é isso não, é super gostoso.

Quem quer demonstra sim, tem dessa de criar desculpa, não! Desapega, vai viver sua vida! Encontre uma pessoa que estende um tapete pra você, que te elogia, curte suas coisas, fala que você é uma DEUSA, quer ficar com você sempre, quer te ver, quer te escutar, quer te abraçar, quer te apresentar até pra tia do interior. Larga desses caras que não tem capacidade de mostrar um pingo de interesse por você.

Você merece TANTO, merece uns homi maravilhousos! Desapega desses crush que acha que a gente tá aqui dando bobeira na vida e tá sempre disponível.

Mulheres que intimidam os homens

Posted in Relacionamentos
on September 14, 2017

Esses dias recebi uma mensagem no meu Instagram de um rapaz me elogiando e falando que eu sou uma mulher que intimida e é difícil de decifrar, pela maneira como eu me comporto e também pela minha (suposta) altura de 1,74m. De acordo com ele, mulheres altas não são comuns e que, ao mesmo tempo, eu não consigo esconder simpatia.

Esse termo intimidar me incomoda muito, ainda mais quando é um homem que te fala isso. Afinal, o que é ser uma mulher que intimida? Que não é fácil de decifrar? E como isso pode ser um elogio a alguém?

Acontece que intimidar significa ter poder, ser dona de si, dizer não e se sentir confortável com quem você é. E muitos homens se sentem afobados com isso, sentem aquele medinho de não conseguir acompanhar uma mulher assim.

É porque mulheres precisam ser doces, carentes, fofas e sempre manter a guarda baixa. As que querem decidir o que fazer, as que não aceitam qualquer coisa e impõe seus limites acabam sendo as que intimidam, quando, na realidade, estão apenas fazendo o que é melhor pra elas.

O que me incomoda em ser uma mulher intimidadora é que quem fala isso te coloca em uma posição desagradável, como se fosse sua culpa querer apenas o melhor pra você. É como se a pessoa te falasse que você é foda demais e isso é errado, enquanto ela precisa trabalhar muito pra chegar perto.

E é por causa de comentários assim, dessas definições, que muitas mulheres acabam se rebaixando e abrindo mão de seu poder pra poder manter relações com homens. Têm medo de intimidar pra não ficarem sozinhas.

Mas não faça isso. Mantenha os seus padrões bem altos, diga não quando quiser e seja firme no que deseja. Existem homens bacanas no mundo, e uma hora você vai encontrar alguém que irá amar o seu jeito e torcer por você. Utilize esse poder de intimidar para poder selecionar melhor os homens que você se relaciona.

Você tem responsabilidade afetiva?

Posted in Relacionamentos
on September 8, 2017

Repitam comigo:
“Terei responsabilidade afetiva com as outras pessoas”

Tá aí uma coisa que tem gente que não tem noção do que é, mas eu explico: responsabilidade afetiva é quando você respeita os sentimentos de uma pessoa e não alimenta nada se não sente o mesmo. Não ilude, não mente, não atiça se sabe que não vai dar em nada.

Mas eu escuto muito das minhas amigas e já passei por isso também. Sabe aquele cara que te fala coisas lindas e você se apaixona, aí depois fala que não quer nada, mas continua rondando a área que nem um urubu? Manda uma mensagem, dá um amei na sua foto, se finge de desentendido? Então, além de ser um sem noção também tem zero responsabilidade afetiva.

É egoísmo pra alimentar o ego, pra suprir a carência. É querer manter a pessoa na situação porque não quer perder a atenção.

Eu tomo o maior cuidado pra não alimentar nada em outra pessoa. Deixo claro desde o início o que eu quero e se eu vejo que não estô na mesma, eu não insisto, não demonstro o que eu não sinto.

Então, repitam comigo:
“Terei responsabilidade afetiva com as outras pessoas”